8 de jun de 2010

Potência Anglo-Americana! Mais um delírio da Torre? (continuação...)


A Torre de Vigia ensina que SETE potências mundiais exerceram grande impacto nos assuntos do povo de Deus, sendo elas: Egito, Assiria, Babilônia, Medo/Pérsia, Grécia, Roma e Anglo/Americana. Tambem que a sétima potência é a última da série, e será destruida em breve no Armagedom (Lr.Revelação seu grandioso clímax está próximo, cap. 28 e 35)

Podemos considerar este ensino da Torre como EGOCÊNTRISMO BÍBLICO, ou seja as Testemunhas de Jeová querem a todo custo estar no centro dos acontecimentos proféticos. Mas as Testemunhas de Jeová não foram os únicos, em diversas ocasiões nos últimos dois mil anos, religiosos e seitas tem afirmado: “As profecias estão se cumprindo nos tempos em que vivemos, o armagedom está às portas.”


A Bíblia menciona sete potências mundiais? Existe uma potência Anglo/Americana, e seria esta a sétima da série?


Em suas páginas, a Bíblia menciona apenas seis potências mundiais que tiveram impacto na vida dos servos de Deus:
 1ª EGITO, escravizou os Judeus (livro de Êxodo),
 2ª ASSIRIA, destruiu o reino das dez tribos de Israel (2 Reis 17),
 3ª BABILÔNIA, destruiu a cidade de Jerusalém e o reino de Judá (2 Reis 25),
 4ª MEDO/PÉRSIA, destruiu o império Babilônico e passou a dominar os Judeus (2 crônicas 36: 22/3),
 5ª GRECIA, derrotou o império Medo/Pérsia e passou a dominar os Judeus (Daniel 8),
 6ª ROMA, acabou com a hegemonia Grega, e dominava o mundo quando o cristianismo floresceu.


Em suas literaturas, a Torre de Vigia ao mencionar o texto de Rev. 17: 9,10 - "As sete cabeças significam sete montes, onde a mulher esta sentada no cume. E há sete reis: cinco já caíram, um é, o outro não chegou...", interpretam que os sete reis seriam sete potencias mundiais, embora o escritor de revelação possa estar se referindo a sete reis do império romano (A maioria dos estudiosos da bíblia entendem desta forma).


Mas na hipótese do texto se referir a 7 potências mundiais, perguntamos:- Porque a Torre de Vigia não considerou o império TURCO/OTOMANO como a sétima potência mundial?

Afinal no ano de 1.453 E.C., o império Turco/Otomano acabou com o império Romano/Bizantino, (6ª potência), perseguiu implacavelmente os cristãos e implantou o islamismo nas terras conquistadas (causou impacto no povo de Deus e no mundo). Faziam parte do vasto império Turco/Otomano:- regiões da Europa, Oriente médio, Ásia Menor, norte da África, inclusive regiões da Mesopotâmia e a Palestina. Este império deixou de existir a partir da Primeira Guerra Mundial, e ficou reduzido ao território da atual Turquia. Foram mais de 450 anos mandando e boa parte do mundo, foi com certeza uma potência mundial, mas não foi considerada pela Torre de Vigia.


E quanto ao império Britânico, porque a Torre não o considerou como a sétima potência mundial? Este império era tão vasto, que sempre era dia em alguma parte de seu território. Os britânicos já tiveram muito poder e dominaram boa parte do mundo.


Os “grandes pensadores” da Torre de Vigia afirmam que a sétima e última potência mundial é a “Potência mundial dupla ANGLO-AMERICANA”. Porque afirmam isto?


Como querem egocentricamente que as profecias se cumpram aqui e agora, e tinham espaço para apenas mais uma potência mundial, tiveram que descartar os Turcos/Otomanos e fundir a Inglaterra com os Estados Unidos, transformando-os numa sétima potência mundial Dupla.


Existe uma potência mundial dupla Anglo-Americana? Podemos confirmar isto por meio de documentos hábeis? Ou existe simplesmente uma potência chamada “Estados Unidos da América”?


Todos os impérios do passado, a partir do Egito, eram organizados por meio de leis, constituições e etc., ou seja, havia documentos formais que davam legitimidade ao império ou a nação. Todos sabiam qual a base territorial do império e quem era o seu mandatário. É Assim com todas as nações até os dias de hoje.


E a potência mundial dupla ANGLO-AMERICANA da Torre de Vigia, possui ela uma constituição ou uma base legal? Ou será que ela não existe de fato, mas apenas teoricamente?


Como potência mundial, os Estados Unidos da América possui muitos aliados e firmaram muitos tratados, a Inglaterra é apenas um dentre os muitos aliados.


Só existe uma potência mundial dupla ANGLO-AMERICANA nas literaturas da Torre de Vigia, e nas mentes férteis de seus lideres.


4 de jun de 2010

Potência Anglo-Americana! Mais um delírio da Torre?

Por décadas a Torre de Vigia tem escrito sobre uma “Potência Mundial Anglo-Americana”, que passou a dominar o mundo algum tempo após 1.914 (Ex. “Revelação Seu Grandioso Clímax Está Próximo!”, pg. 190 § 15/16). Existe mesmo tal potência dupla, formada pelos EUA e Inglaterra, ou é apenas mais uma invenção da Torre?

Sabemos que existe uma superpotência chamada “Estados Unidos da América”, com sua devida constituição, leis, governo, território e reconhecimento mundial. A sede do governo dos EUA é a casa branca que fica em Washington.





A Inglaterra também tem muita relevância a nível mundial, e possui obviamente, todos os requisitos necessários para ser reconhecida mundialmente como uma nação. Abaixo o parlamento britânico.




Se a “Potência mundial Anglo-Americana” existe de fato, não apenas teoricamente, onde fica sua sede? Onde estão os documentos que instituíram esta organização política e militar? O mundo sabe de sua existencia? A midia fala sobre esta potência dupla?


As nações tem se juntado para formar organizações com fins políticos militares ou comerciais, mas os EUA e a Inglaterra não fizeram nenhum acordo para formar a “Potência mundial Anglo-Americana”.

Note agora a diferença: A ONU é uma organização política que foi criada por diversas nações, foi legalmente constituída e tem reconhecimento mundial. A sede da ONU fica Nova York EUA.





Outra organização que existe de fato, não apenas teoricamente e que conta com 16 nações membros é A OTAN. A sede da OTAN fica em Bruxelas na Bélgica.



Acredito que os “grandes pensadores da Torre”, não sabem que é necessário, que toda e qualquer organização seja legalmente constituída, somente as criminosas não o são. E se uma organização é legalmente constituída, ela tem uma sede. Onde fica a sede da Potência Mundial Anglo-Americana? Onde estão os documentos legais que comprovam a existência desta potência mundial dupla? Os EUA e a Inglaterra sabem ou reconhecem que juntos formam uma potência mundial?


Considere também!
Porque a Inglaterra não se envolveu na guerra dos EUA x Vietnã?
Porque os EUA não se envolveu na guerra do Reino Unido x Argentina no ano de 1982?
Porque são nações distintas, cada qual com seus problemas. Não são uma potência dupla.


A Inglaterra é tão aliada dos EUA como é a França, Canadá e muitas outras nações. Além disso, com a criação da União Européia, a Inglaterra tem se alinhado mais com as nações que compõem este bloco do que com os EUA.


Esta Torre inventa cada uma! Porque a Torre criou em suas literaturas esta potência mundial dupla Anglo-Americana?
Pretendo voltar ao assunto.