18 de mar de 2011

VITIMAS ESQUECIDAS DA TORRE

Pequeno Histórico das vitimas do cristianismo

No passado a Igreja Católica criou tribunais chamados de inquisição, com o objetivo de punir os "hereges". Tais tribunais injustos torturavam cruelmente as pessoas e assassinaram cerca de nove milhões delas de forma muito dolorosa. Porque estas pessoas sofreram tanto? Elas não eram criminosas, apenas discordaram de alguns dos dogmas da Igreja Católica. As religiões protestantes também assassinaram incontáveis inocentes.

Felizmente com o tempo estas religiões cristãs perderam seu poder e deixaram de cometer seus crimes "em nome de Deus". Será que o cristianismo deixou de fazer vitimas? Não.

Algumas seitas dos EUA, criadas no século 19 também tem colecionado suas vitimas(link). E a seita das Testemunhas de Jeová (TJs) com sua mensagem atrativa, e com seu aparente amor, tem feito vitimas? Vejamos!

Discorrer sobre as mortes pela proibição da transfusão de sangue entre as TJs, seria perda de tempo, pois a mídia tem dado ampla cobertura nestes casos. Mas, mesmo que não houvesse a proibição da transfusão de sangue, haveria vitimas fatais entre as TJs. Porque afirmamos isto?  Porque o índice de depressão e suicídio é alto entre as TJs.  

A causa provável da depressão entre as  TJs

As TJs foram convencidas que sua religião, a Torre de Vigia, é a parte visível da organização de Deus, também chamada de “esposa de Deus”, e seus lideres, o Corpo Governante, serão Reis e Sacerdotes e reinarão com Cristo sobre a Terra por mil anos. As TJs acreditam que para se obter a vida eterna precisam de:- Jeová, Jesus, a Torre de Vigia e o Corpo Governante. Consideram que tudo o que há no mundo:- as demais religiões, comércio, governos e etc., estão sob a influência satânica e serão destruídos em breve. Desta forma, a Torre de Vigia/Corpo Governante tem uma importância tremenda na vida das TJs, o resto é lixo. (Livro Poderá Viver, das TJs. cp.23)

Com este imenso prestigio, a Torre tem dominado cada aspecto da vida dos adeptos, e dita tudo o que se pode ou não fazer, e obtém total obediência. As TJs vivem em prol da Torre, à colocam acima de tudo, inclusive da família. Com o tempo esta carga pode se tornar pesada demais para alguns, e pode ocorrer:- 1) A pessoa não consegue viver a altura das exigências da Torre, fica com a consciência pesada, se desespera achando que perdeu o favor de Deus e cai na depressão, 2) A pessoa busca informações sobre a Torre, descobre que ela é mais uma religião falsa, fica muito decepcionada por ter sido enganada e desperdiçado sua vida em vão e Tb cai na depressão. Nos dois casos a pessoa deixará de ser TJ e perderá o convívio com amigos e familiares que ainda são TJ, e passará a ser odiada, a perda é imensa, o que resulta em mais depressão. (link)

Uma grande decepção leva a depressão que pode levar ao suicídio. A maioria dos suicidas são pessoas deprimidas.

Vitimas da Torre? Você decide.


Caso 1) - O Senhor  C. F. tinha por volta de 40 anos, era ancião e residia na cidade de Salto, estado de São Paulo, era casado e tinha dois filhos, repentinamente caiu numa grave depressão. Sua esposa comentou com outras Testemunhas de Jeová que C. F. não freqüentava mais o Salão do Reino, que havia desistido de ser ancião, e que não falava com ninguém. Certo dia sua esposa o procurou pela casa e não o encontrou, finalmente foi achado no porão da casa enforcado, já morto. A esposa não comentava qual era o verdadeiro motivo da depressão do marido. Poderia ser doença, ou ele descobriu algumas verdades sobre a organização Torre de Vigia, já que ele entregou seus privilégios e deixou de freqüentar o salão do reino? Convenientemente ninguém comentava na ocasião acerca do assunto. (Caso ocorrido á algumas décadas) – contribuído.





Caso 2)O Jovem M. M. serviu a Torre como pioneiro regular depois especial e participava ativamente em construções de Salões do Reino, mas não conseguiu manter o padrão de conduta imposto pela Torre, e mesmo tendo se casado com a pessoa com quem cometeu “fornicação” ele foi desassociado. Depois de expulso da organização, foi trabalhar em construção civil, sofreu uma queda que o deixou preso a uma cadeira de rodas. Estava muito arrependido por ter “pecado” e ter sido expulso da organização, seu maior sonho era ser readmitido, voltar a ter o prazer de ser Testemunha de Jeová. Para alcançar este objetivo, mesmo estando confinado a uma cadeira de rodas, ele dificilmente faltava às reuniões da congregação Ana Célia de São José do Rio Preto, estado de SP. Mas os anciãos insistiram em não readmiti-lo. A saúde debilitada do jovem e a sua tristeza e depressão por estar sendo impedido de ser TJ, acabaram levando-o prematuramente à morte. O ancião J. B. foi protagonista de uma grande ironia. Quando M. M. estava sendo velado, ele se aproximou da mãe do rapaz e disse: “Irmã, trago uma grande notícia, o M. M. foi readmitido na organização, agora ele é uma Testemunha de Jeová”. A mãe revoltada respondeu ao ancião: “O M. M. está ali deitado no caixão, vai lá e dê você mesmo a noticia para ele”. M. M. deixou esposa e filha de nove meses. – contribuído.




Caso 3)   -  Um Jovem de apenas 20 anos de idade, residente na cidade de Iturama, MG,  foi expulso ou desassociado pelas Testemunhas de Jeová (isto equivale a uma morte social),  a partir daí todas as pessoas com quem ele convivia não mais poderiam se associar com ele, não poderiam nem mesmo cumprimentá-lo, seus familiares TJs também teriam de seguir certas regras no convívio com o jovem. Resultado:- este castigo era grande demais para que o jovem pudesse suportar, na mesma semana em que foi dado o anuncio de sua expulsão, ele foi encontrado morto, pendurado em uma corda. Ele cometeu suicídio. (caso recente)      




É muito triste, é lamentável e comovente o que ocorre dentro das muralhas da Torre de Vigia, o pior é que eles tem tido êxito em manter estes casos no mais absoluto sigilo.

 A desassociação praticada pelas Testemunhas de Jeová TEM QUE ACABAR.  

As Testemunhas de Jeová concluem erroneamente que estas pessoas morreram prematuramente ou se suicidaram, porque perderam o favor de Jeová.

A verdade é outra: a) o que matou estas pessoas foi o peso na consciência, ou a culpa por terem acreditado e terem convencido outros a crer em uma organização que ensinou mentiras como se fossem verdades, ou b) o que matou estas pessoas foi não suportarem a perda de parentes e amigos e a forma com que passaram a ser tratados.  

Com conhecimento de causa, posso afirmar que a Torre de Vigia com seu fundamentalismo, tem oprimido os adeptos, transformado-os em reféns e levando-os a depressão.

A Torre é uma colecionadora de vitimas.


Ps.:- Se você finalmente foi visitado pela verdade, reconheça simplesmente que te iludiram. Talvez você vá se culpar ou buscará culpados, ficará bravo, indignado, ressentido, terá fortes reações emocionais e mentais.  

Procure uma saída para que este processo não se torne crônico e doentio, procure o convívio de pessoas alegres e de alto astral (Não TJs), procure viver, se divertir, fazer o que te dá prazer, eleve o nível de seus pensamentos.