13 de out de 2010

PORQUE A TORRE DE VIGIA EXISTE?

Para as Testemunhas de Jeová (TJ) sua religião é a única verdadeira, a Torre de Vigia é indispensável para a humanidade. Mas, se a Torre é tão importante, porque só veio a existência após mais de 1.800 anos depois de Cristo?

As TJ esclarecem:- Deus tem um tempo designado para tudo, se a Torre foi instituída no século 19, é porque Jeová assim determinou. Dizem que em 1914, Cristo foi entronizado rei no céu, que este ano marcou o inicio do tempo do fim, e que a qualquer momento virá o armagedom. Consideram que com a chegada do tempo do fim, era necessário que o verdadeiro cristianismo fosse restabelecido. Jeová viu a necessidade de ter uma organização terrestre, para pregar verdades bíblicas e avisar as pessoas que o fim está próximo. Assim foi criada a Torre de Vigia, “a organização terrestre de Jeová”.

Note o que o Sr. Charles Taze Russell afirmou:- “As verdades que apresento, como porta-voz de Deus... por causa do simples fato de que chegou o tempo devido de Deus...” (Lv. Proclamadores pg. 143 § 2). A Torre de vigia foi criada no século 19, e o Sr. Russell pregava que isto ocorreu porque Jeová assim determinou. Será? – Vejamos!

Devemos levar em consideração, que na América do século 19 houve uma explosão de novas seitas, incluindo ai a Torre de Vigia, alguns dos motivos foram:-

a) Não havia uma igreja protestante dominante.
b) Não havia restrições ou normas para o ingresso na carreira eclesiástica.
c) Não era necessário conhecer grego antigo ou textos hebraicos.
d) Os devotos católicos irlandeses invadiram a América após a fome de 1846/1850, os americanos protestantes reagiram, reavivando sua fé e criando novas seitas.
e) As novas seitas tinham facilidade em convencer seguidores crédulos, já que os americanos do século 19 tinham pouca e muitos nenhuma escolaridade.
f) Criar uma seita era um negócio lucrativo.

Na América do século 19 havia um terreno fértil e uma forte tendência para a criação de seitas. Certamente o Sr. Russell foi contagiado por esta tendência e fundou a Torre de Vigia.

Os criadores das novas seitas eram ambiciosos charlatões, e se transformaram em vendedores ambulantes de Cristo. Para obter sucesso em seu empreendimento, tiveram de criar um produto diferenciado. A exemplo de uma empresa comercial, que lança no mercado produtos diferenciados para atrair clientes, estes homens viram a necessidade de apresentar ao público algo novo, assim inventaram formas peculiares de fé, ensinamentos, doutrinas e dogmas, nunca antes vistos. Para obterem credibilidade, propagavam que seus “escritos eram inspirados” e indispensáveis para uma verdadeira compreensão das Escrituras. Estes “escritos inspirados” eram vendidos aos milhares aos seguidores crédulos, gerando uma receita financeira incalculável. Estes homens e seus sucessores eram eficientes, competitivos e oportunistas, edificaram verdadeiros impérios com ramificações no mundo todo.

Conheçam agora alguns de tais homens e as organizações que criaram nos EUA do século 19:-

Charles Finney (1792-1875):- durante algum tempo foi pastor presbiteriano, sua pregação consistia em contagiar os americanos com o “avivamento espiritual”. O avivamento espiritual pregado por finney foi sua marca registrada, ele afirmava que recebia o “Espírito Santo”, que sentia Deus interagindo com ele, em resultado seus seguidores sugestionados, passaram a sentir estas mesmas coisas. Depois de convencer as pessoas a terem tais experiências espirituais, Finney admitiu mais tarde que ele próprio não as teve, que foram frutos de sua imaginação. Quanta desonestidade! Finney escreveu livros, vendidos em vários paises, com alguns ensinamentos totalmente contrários ao que a bíblia ensina. Hoje ele é elogiado por alguns e criticado por outros.


Charles Finney

Joseph Smith:- nasceu em 1805, foi criado em Manchester, New York, onde seu pai o iniciou nas artes de adivinhação, talismã mágico dentre outras. Descobriu cedo que poderia enganar agricultores ignorantes a acreditar em qualquer absurdo. Em 1830 publicou O Livros dos Mórmons, e afirmou que o anjo Maroni lhe tinha aparecido há vários anos e o informou sobre a existência de Placas de ouro..., contou como os descendentes dos antigos israelitas tinham ido para a América, e como o próprio Cristo tinha aparecido lá após sua crucificação. Smith impressionou os povos agrícolas simples, que não sabiam que ele havia copiado a maioria de seus escritos do reverendo Salomão Spaulding, um escritor de romances históricos com temas bíblicos. Smith recebeu outras “revelações”, uma notória permitiu a ele ter múltiplas esposas. De 1830 a 1842 publicou diversas obras.

O reinado do profeta Smith chegou ao fim quando ele foi preso por incitação à destruição dos escritórios de um jornal (dirigido por ex-mórmons) que criticava seu culto. Uma multidão invadiu a cadeia e assassinou Smith e seu irmão Hyrum.


Joseph Smith


William Miller:- fundou o Millerismo, era agricultor e pastor batista, previu que a segunda vinda de Cristo ocorreria em abril de 1843 e que todas as pessoas dignas subiriam aos céus em 23 de outubro de 1844, em cumprimento das profecias dos livros de Daniel e Apocalipse. Até o início de 1840, aproximadamente um milhão de pessoas haviam assistido às reuniões de Miller para ouvir sua mensagem. Os americanos humildes acreditavam que todos eram pecadores e que somente eles, os Millerites, eram os verdadeiros crentes que escapariam da punição.

Quando 23 de outubro de 1844 se aproximava, muitos Millerites venderam todas as suas posses. Vestidos com roupas brancas, eles escalaram as montanhas mais altas na espera por Jesus Cristo. Estes crentes não subiram aos céus no dia marcado. Miller afirmou ter cometido um erro e rapidamente emitiu uma nova data para a segunda vinda, cerca de seis meses depois. Mais uma vez, este dia veio e se foi. A maioria dos seguidores de Miller o abandonou. Em 1845, alguns dos seguidores de Miller entraram para a Igreja Adventista, que Miller ajudou a criar. Frustrado, Miller morreu em 1849, sem ver o cumprimento de suas falsas profecias.

Willian Miller
Hiram Edson:- afirmou ter recebido orientação espiritual que em 1843 Cristo tinha entrado na segunda fase de seu ministério, no Céu de modo invisível! Cristo está no lugar santo “Santíssimo”, e de lá investigando e julgando.



Hiram Edson


Ellen White:- em 1860, em Battle Creek, Michigan, os Millerites juntaram-se aos  seguidores de uma profetiza chamada Ellen White e criaram o nome de "Adventistas do sétimo dia", o sétimo como uma referência de se observar o sábado, acreditavam estar de acordo com o início "puro" da igreja. Os adventistas seguiram uma grande parte da lei dietética judaica. Embora as profecias desta senhora eram totalmente enganosas, os Adventistas cresceram muito em numero.

Ellen White
Charles Taze Russell:- um jovem camiseiro, começou um grupo de estudo bíblico em 1870. Ele estava fascinado pela "profecia bíblica" e impressionado com as especulações dos Adventistas sobre a vinda do Apocalipse. Russell estava convencido de que a segunda vinda de Cristo havia ocorrido de modo invisível em 1874, e que em 1914 haveria o fim do atual sistema de coisas. Com 28 anos de idade, Russell rompeu com antigos parceiros e se denominou “pastor”. Em 1884, ele lançou a revista A Torre de Vigia (A Sentinela), provou ser um grande publicitário e fundou a Sociedade Torre de Vigia de Bíblias e Tratados.  

Os seguidores de Russell o consideravam como um mensageiro de Deus, e seus críticos como um golpista. Em 1909, sua mulher pediu o divórcio. Em 1911, o jornal Brooklyn expôs o golpe de Russel conhecido como o "Trigo Milagroso". Apesar de seus ensinos bizarros e suas falsas profecias, seus seguidores permaneceram fieis ao líder.

“Cálculos proféticos” haviam convencido o Sr. Russell, que o fim do mundo ocorreria em 1914. Em vez disso, seu próprio fim veio em 1916. Após sua morte, um advogado, que se auto denominava "Juiz", Joseph F. Rutherford, arquitetou um plano que o colocou na presidência da Torre de Vigia , em 1930 formatou o termo "Testemunhas de Jeová". O "juiz" liderou as Testemunhas de Jeová até 1942, deixou de imprimir os livros de Russell, dando prioridade a um marketing próprio.

Um dos grandes absurdos ensinados por Rutherford foi predizer que em 1925 haveria o retorno de Abraão, Isaac e Jacob, e conseqüentemente o fim do mundo. Em preparação, Rutherford comprou uma mansão em San Diego, Califórnia, chamada de Beth Sarim, com uma limusine.

Charles T. Russell


Joseph F. Ruthenford

Russell Conwell:- advogado virou pastor batista em 1870, passou a pregar uma mensagem cristã inédita que ficou conhecida como o "evangelho da riqueza". Seu discurso mais famoso tinha o tema “Terra de Diamantes”, e foi proferido mais de 6.000 vezes.

Conwell de modo habilidoso conseguiu conciliar a ideologia do sucesso material com a mensagem cristã. O “evangelho da riqueza” deu resultados para o próprio Conwell, afinal ele ficou rico. Será que Jesus ama o sujeito rico? Certamente. Na época da sua morte, em 1925, ele já havia ganho cerca de US$ 8 milhões, que na época era uma grande fortuna. Depois dele, muitos perceberam que criar uma seita é o caminho mais curto para se tornar milionário. No Brasil, algumas religiões como a Universal, adotaram o “evangelho da riqueza”.
Russel Conwell


William Seymour:- um negro pregador analfabeto, entrou em ação em 1906. Seymour assumiu em Los Angeles a casa de reunião do Africano Metodista Episcopal Church. Apesar de sua falta de formação teológica, ele orquestrou explosões de histeria emocional, também conhecido como "falar em línguas". Ele passava a maior parte do tempo sobre os joelhos, detectando a presença espiritual. Assim começou o nascimento do Pentecostalismo, um cristianismo vibrante, que prometia “bênçãos” com curas pela imposição das mãos. O analfabeto William Seymour, transformou o dia de pentecostes em um produto vendável.

O Pentecostalismo migrou de negros pobres para os brancos pobres. Em 1914, em Arkansas, um grupo de pentecostais criaram as Assembléias de Deus. Hoje é o maior de todas.


William Seymour

A América do século 19 era uma terra de oportunidades, o negócio da religião prosperou como em nenhum outro lugar do mundo. Os lideres das novas seitas se tornaram empresários por excelência, com uma grande sede por poder. Com o tempo, estes empresários da fé se prepararam para voar ainda mais alto, levando seus estranhos ensinos e sua nova fé ao mundo todo. Não tiveram nenhum escrúpulo em enganar com ensinos infundados e em explorar financeiramente as pessoas humildes que tinham necessidades espirituais e que eram presas fáceis.

Certamente nenhum destes homens criaram seitas porque esta era a vontade de Deus.



22 de jul de 2010

Satã ou a serpente, quem enganou Eva?

Quem enganou Adão e Eva, trazendo o pecado e a morte aos humanos? Gênesis 3 afirma claramente que foi uma serpente falante e muito esperta, que depois recebeu a seguinte condenação de Deus: “...maldita és dentre todos os animais... Sobre o teu ventre andarás e pó é o que comerás...”(Gen.3:14), “E porei inimizade entre ti(serpente) e a mulher, e entre o teu descendente e o seu descendente. Ele te machucará a cabeça e tu lhe machucarás o calcanhar”. (Gen.3:15).

Este relato da queda do homem é importantíssimo para os cristãos, pois a partir daí houve a necessidade de um redentor messiânico.

Dado a importância do assunto, os cristãos argumentam que Satã estava por detrás da serpente do Éden. A Torre de Vigia consegue provar que Satanás é a  serpente de Gênesis, traduzindo o texto de Revelação 12:9 da seguinte forma: "Assim foi lançado para baixo o grande dragão, a serpente original, o chamado Diabo e Satanás...".(TNM) - Lendo este texto somos obrigados a concluir que Satanás é a serpente que causou o pecado original.

Será que a Torre de Vigia tem razão? Satanás usou a serpente para enganar Eva? Que tal investigarmos este assunto, usando as escrituras de forma honesta?

Em primeiro lugar, o Velho Testamento(VT)  não menciona o relato de Gen.3 nem uma única vez. Estranho não?  Porque os relatos de Gênesis a partir do capítulo 12 são mencionados repetidamente no VT, mas os capítulos 1 a 11 não?  Será que estes 11 capítulos são uma inserção tardia e os escritores do VT não os conhecia? O que importa ressaltar, é que o VT não esclarece nada sobre a serpente.

O Novo Testamento fala sobre a serpente, mas não diz que Satanás a usou para enganar Eva. Surpreso (a)? Ninguém no NT, nem mesmo Jesus Cristo,  relacionou Satã a serpente. Vamos analisar alguns textos no NT que menciona Satã ou a serpente, depois tire suas conclusões.

Note o que Jesus disse em João 8:44 - “Vos sois do diabo, vosso pai, e quereis realizar os desejos de vosso pai. Ele foi homicida desde o principio e não permaneceu na verdade, porque nele não há verdade: quando ele mente, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso e pai da mentira”.  Jesus chama Satã de homicida, talvez indicando que ele estava por detrás do primeiro assassinato, o de Abel. Também chama Satã de mentiroso, indicando que ele usa este artifício  quando testa a fidelidade das pessoas. Este texto de forma alguma afirma que Satã usou a serpente para enganar Eva.

O Apóstolo Paulo escreveu sobre a serpente,  mas receio que ele não elucidou o caso. Vejam o que disse em 2 Cor.11:3 - “Receio, porem, que, como a serpente seduziu Eva por sua astucia, vossos pensamentos se corrompam, desviando-se da simplicidade devida a Cristo”.  No contexto, Paulo compara em primeiro lugar, os eminentes apóstolos com a serpente que enganou Eva, e depois menciona Satã que engana fingindo-se de Anjo de Luz. Desta forma, Paulo fala de dois personagens:  1) a serpente que enganou Eva, 2) Satã que também engana. Paulo afirmou que quem enganou Eva foi uma serpente. Se Paulo queria que seus leitores pensassem que Satã se fez passar pela serpente, porque não o disse?

Por último, vamos analisar textos do Apocalipse. Apoc. 12:3 "Apareceu então outro sinal no céu: um grande Dragão, cor de fogo, com sete cabeças e dez chifres..." 12:9 "Foi expulso o grande Dragão, a antiga serpente, o chamado Diabo ou Satanás..." Abaixo uma ilustração deste "Dragão/Serpente".




 


Embora a "TNM" da Torre de vigia traduziu "serpente original", diversas traduções que pesquisei traduziram de forma mais honesta como "serpente antiga".

Neste texto, Satã e chamado de grande Dragão de 7 cabeças e antiga Serpente.  Esta antiga Serpente não seria a mesma que enganou Eva? Será que finalmente o último livro da bíblia esclarece que Satã estava por detrás da serpente como quer a Torre de Vigia? A resposta é NÃO! Note que o texto não diz “a antiga serpente que enganou Eva”, diz apenas “o grande Dragão, a antiga Serpente”. Hoje se pensa em um dragão mitológico com membros e asas, mas nos tempos bíblicos conforme ilustrado acima, ele era uma serpente com múltiplas cabeças.  Em Jó 40:25 a 41:26, lemos sobre um Dragão-serpente do mar que soltava fogo pela boca.  Em Isaías 27:1, lemos: - “Naquele dia punirá Iahweh, com a sua espada dura, grande e forte, leviatã, serpente escorregadia, leviatã serpente tortuosa...”.  E em Salmos 74:14, lemos: -  “Tu esmagaste as cabeças do Leviatã dando-o como alimento ás feras selvagens....  Agora ficou claro, no capitulo 12 de Apocalipse, Satã é comparado ao Dragão-serpente de múltiplas cabeças, mencionado algumas vezes no VT, e não a serpente que enganou Eva.

Se não foi Satã, quem afinal, enganou Adão e Eva? O que as pessoas em geral, principalmente as esclarecidas e conhecedoras das escrituras pensavam no primeiro século sobre o relato de Gênesis 3?

Vejam o que o grande e respeitado historiador Flavio Josefo disse:  “Porém, enquanto todas as criaturas vivas têm uma única linguagem, a serpente nesse momento, que vivia junto com Adão e sua mulher, demonstrou uma inclinação invejosa ao pensar que eles viveriam felizes e em obediência aos mandamentos de Deus. E, supondo que quando desobedecessem a esses mandamentos cairiam em desgraça, ela persuadiu a mulher, alheia a uma intenção malévola, a provar da Árvore do Conhecimento”. (Antiguidades Judaicas 1.1.4). Observe que Josefo considera a serpente como apenas mais um dos animais criados, que, assim como os outros, tem o poder da fala. Segundo Josefo, e também o Apóstolo Paulo, quem enganou Eva foi uma serpente não um anjo rebelde.

Como vimos, em Gênesis 3 não há um mínimo indício de que havia uma anjo por detrás da serpente, vimos apenas uma cobra falante enganando Eva e depois sendo condenada por Deus. Quem foi condenado foi uma serpente não um anjo. Não há nenhuma indicação na bíblia inteira, de que Satã estava por detrás da serpente. As pessoas no primeiro século acreditavam que no Éden as serpentes falavam, portanto quem enganou Eva foi uma serpente comum. Quem então associou Satã como a serpente do Éden?

A primeira pessoa a conjecturar que Satanás usou a serpente para enganar Eva, foi um antigo padre chamado Justino Mártir, isto já no século dois. Mas a teoria de Justino não se baseava na bíblia e sim em suas próprias conclusões.

Interessante que Torre de Vigia e outras religiões cristãs criticam e condenam a Igreja Católica, mas ao mesmo tempo bebem de sua fonte, quando se utilizam deste e de muitos outros dogmas criados por ela.  

8 de jun de 2010

Potência Anglo-Americana! Mais um delírio da Torre? (continuação...)


A Torre de Vigia ensina que SETE potências mundiais exerceram grande impacto nos assuntos do povo de Deus, sendo elas: Egito, Assiria, Babilônia, Medo/Pérsia, Grécia, Roma e Anglo/Americana. Tambem que a sétima potência é a última da série, e será destruida em breve no Armagedom (Lr.Revelação seu grandioso clímax está próximo, cap. 28 e 35)

Podemos considerar este ensino da Torre como EGOCÊNTRISMO BÍBLICO, ou seja as Testemunhas de Jeová querem a todo custo estar no centro dos acontecimentos proféticos. Mas as Testemunhas de Jeová não foram os únicos, em diversas ocasiões nos últimos dois mil anos, religiosos e seitas tem afirmado: “As profecias estão se cumprindo nos tempos em que vivemos, o armagedom está às portas.”


A Bíblia menciona sete potências mundiais? Existe uma potência Anglo/Americana, e seria esta a sétima da série?


Em suas páginas, a Bíblia menciona apenas seis potências mundiais que tiveram impacto na vida dos servos de Deus:
 1ª EGITO, escravizou os Judeus (livro de Êxodo),
 2ª ASSIRIA, destruiu o reino das dez tribos de Israel (2 Reis 17),
 3ª BABILÔNIA, destruiu a cidade de Jerusalém e o reino de Judá (2 Reis 25),
 4ª MEDO/PÉRSIA, destruiu o império Babilônico e passou a dominar os Judeus (2 crônicas 36: 22/3),
 5ª GRECIA, derrotou o império Medo/Pérsia e passou a dominar os Judeus (Daniel 8),
 6ª ROMA, acabou com a hegemonia Grega, e dominava o mundo quando o cristianismo floresceu.


Em suas literaturas, a Torre de Vigia ao mencionar o texto de Rev. 17: 9,10 - "As sete cabeças significam sete montes, onde a mulher esta sentada no cume. E há sete reis: cinco já caíram, um é, o outro não chegou...", interpretam que os sete reis seriam sete potencias mundiais, embora o escritor de revelação possa estar se referindo a sete reis do império romano (A maioria dos estudiosos da bíblia entendem desta forma).


Mas na hipótese do texto se referir a 7 potências mundiais, perguntamos:- Porque a Torre de Vigia não considerou o império TURCO/OTOMANO como a sétima potência mundial?

Afinal no ano de 1.453 E.C., o império Turco/Otomano acabou com o império Romano/Bizantino, (6ª potência), perseguiu implacavelmente os cristãos e implantou o islamismo nas terras conquistadas (causou impacto no povo de Deus e no mundo). Faziam parte do vasto império Turco/Otomano:- regiões da Europa, Oriente médio, Ásia Menor, norte da África, inclusive regiões da Mesopotâmia e a Palestina. Este império deixou de existir a partir da Primeira Guerra Mundial, e ficou reduzido ao território da atual Turquia. Foram mais de 450 anos mandando e boa parte do mundo, foi com certeza uma potência mundial, mas não foi considerada pela Torre de Vigia.


E quanto ao império Britânico, porque a Torre não o considerou como a sétima potência mundial? Este império era tão vasto, que sempre era dia em alguma parte de seu território. Os britânicos já tiveram muito poder e dominaram boa parte do mundo.


Os “grandes pensadores” da Torre de Vigia afirmam que a sétima e última potência mundial é a “Potência mundial dupla ANGLO-AMERICANA”. Porque afirmam isto?


Como querem egocentricamente que as profecias se cumpram aqui e agora, e tinham espaço para apenas mais uma potência mundial, tiveram que descartar os Turcos/Otomanos e fundir a Inglaterra com os Estados Unidos, transformando-os numa sétima potência mundial Dupla.


Existe uma potência mundial dupla Anglo-Americana? Podemos confirmar isto por meio de documentos hábeis? Ou existe simplesmente uma potência chamada “Estados Unidos da América”?


Todos os impérios do passado, a partir do Egito, eram organizados por meio de leis, constituições e etc., ou seja, havia documentos formais que davam legitimidade ao império ou a nação. Todos sabiam qual a base territorial do império e quem era o seu mandatário. É Assim com todas as nações até os dias de hoje.


E a potência mundial dupla ANGLO-AMERICANA da Torre de Vigia, possui ela uma constituição ou uma base legal? Ou será que ela não existe de fato, mas apenas teoricamente?


Como potência mundial, os Estados Unidos da América possui muitos aliados e firmaram muitos tratados, a Inglaterra é apenas um dentre os muitos aliados.


Só existe uma potência mundial dupla ANGLO-AMERICANA nas literaturas da Torre de Vigia, e nas mentes férteis de seus lideres.


4 de jun de 2010

Potência Anglo-Americana! Mais um delírio da Torre?

Por décadas a Torre de Vigia tem escrito sobre uma “Potência Mundial Anglo-Americana”, que passou a dominar o mundo algum tempo após 1.914 (Ex. “Revelação Seu Grandioso Clímax Está Próximo!”, pg. 190 § 15/16). Existe mesmo tal potência dupla, formada pelos EUA e Inglaterra, ou é apenas mais uma invenção da Torre?

Sabemos que existe uma superpotência chamada “Estados Unidos da América”, com sua devida constituição, leis, governo, território e reconhecimento mundial. A sede do governo dos EUA é a casa branca que fica em Washington.





A Inglaterra também tem muita relevância a nível mundial, e possui obviamente, todos os requisitos necessários para ser reconhecida mundialmente como uma nação. Abaixo o parlamento britânico.




Se a “Potência mundial Anglo-Americana” existe de fato, não apenas teoricamente, onde fica sua sede? Onde estão os documentos que instituíram esta organização política e militar? O mundo sabe de sua existencia? A midia fala sobre esta potência dupla?


As nações tem se juntado para formar organizações com fins políticos militares ou comerciais, mas os EUA e a Inglaterra não fizeram nenhum acordo para formar a “Potência mundial Anglo-Americana”.

Note agora a diferença: A ONU é uma organização política que foi criada por diversas nações, foi legalmente constituída e tem reconhecimento mundial. A sede da ONU fica Nova York EUA.





Outra organização que existe de fato, não apenas teoricamente e que conta com 16 nações membros é A OTAN. A sede da OTAN fica em Bruxelas na Bélgica.



Acredito que os “grandes pensadores da Torre”, não sabem que é necessário, que toda e qualquer organização seja legalmente constituída, somente as criminosas não o são. E se uma organização é legalmente constituída, ela tem uma sede. Onde fica a sede da Potência Mundial Anglo-Americana? Onde estão os documentos legais que comprovam a existência desta potência mundial dupla? Os EUA e a Inglaterra sabem ou reconhecem que juntos formam uma potência mundial?


Considere também!
Porque a Inglaterra não se envolveu na guerra dos EUA x Vietnã?
Porque os EUA não se envolveu na guerra do Reino Unido x Argentina no ano de 1982?
Porque são nações distintas, cada qual com seus problemas. Não são uma potência dupla.


A Inglaterra é tão aliada dos EUA como é a França, Canadá e muitas outras nações. Além disso, com a criação da União Européia, a Inglaterra tem se alinhado mais com as nações que compõem este bloco do que com os EUA.


Esta Torre inventa cada uma! Porque a Torre criou em suas literaturas esta potência mundial dupla Anglo-Americana?
Pretendo voltar ao assunto.

11 de jan de 2010

Torre de Vigia, sociedade religiosa ou comercial? - Resposta a um anônimo

Em 26/09/09 escrevi neste blog um artigo intitulado "Torre de Vigia, sociedade religiosa ou comercial?", e no dia 09/01/10 um anônimo fez o comentário abaixo:

Quem está a ignorar os fatos é você, meu caro paulo arroio, pelo seguinte fato:- 1)você observou estes documentos oficiais extraídos na Alemanha, mas esquece também de outros documentos oficiais alemães que inocentam as Tjs. 2)deste quando a torre "publicaria" balanço ativos em jornais? Me informe qual o jornal e a data que saiu esse balanço. 3)Antes de você dizer que os imóveis luxuosos da torre valem bilhões, mande fazer um balanço para saber o que de fato ela tem e quanto vale. 4) Nunca ouvi falar que alguma religião deveria pagar imposto. Pelo contrário, sei e provo que na maioria dos países as igrejas são liberadas de ter que pagar imposto. Conseqüentemente, como elas teriam problema com o fisco? E dentro desta questão, continuo meu raciocínio: será que tudo o que a mídia fala é verdade, ou deve levar em consideração? A mídia é a coisa mais mentira e falsa que existe, e você dizer que não é, ou defende-la, está perdendo sua moral de falar alguma coisa, e esta assinando seu atestado de …

Para que a verdade prevaleça, pretendo esclarecer os quatro pontos do comentário do anônimo.

l) Embora a Torre tenha contrabandeado dinheiro da Alemanha Oriental para a Alemanha Ocidental, eu não mencionei que ela foi condenada ou processada por ter praticado esta ilegalidade. O que ficou claro é que a Torre não mede esforços para encher o cofre, mesmo que para isso tenha de burlar a lei, e isto uma religião que se considera a única verdadeira não poderia fazer. Você disse que existem documentos oficiais alemães que inocentam as TJs.  Inocentam as TJs do que?

2) O jornal que publicou o balanço da Torre: "Diario Oficial Empresarial". Data: SP terça-feira 07/04/09. Abaixo uma foto da publicação do balanço da Torre, e o link para melhor visualização.

O balanço foi publicado em um jornal pouco conhecido para que as TJs não tenham acesso as informações do balanço. Neste balanço você verá que a Torre praticamente não tem dívidas e que possui uma aplicação financeira em 2008 com o valor exorbitante de  R$ 133.000.000,00 (Cento e trinta e três milhões de reais). Se aqui no Brasil, a Torre possui este valor em "Caixa" imagine nos Estados Unidos, Japão, e etc., somando tudo não dá nem para imaginar, não acha? As TJs trabalham incansavelmente, e estão deixando a Torre podre de rica. Para que tanto dinheiro?

3) Mandar fazer um balanço para ver quanto valem os imóveis da Torre? Não vejo necessidade disto, mas a conta é simples, leve em consideração as propriedades super valorizadas da Torre nos Estados Unidos, as diversas filiais luxuosas espalhadas pelo mundo, as centenas de salões de assembléias e etc.  Garanto a você que l Bilhão de dólares não dá para pagar por tudo isto.

4) "Nunca ouvi falar que alguma religião deveria pagar imposto. Pelo contrário, sei e provo que na maioria dos países as igrejas são liberadas de ter que pagar imposto".
É verdade, religião não deve pagar imposto e isto ocorre na maioria dos países. Então porque estão querendo que a Torre pague imposto? Vejamos primeiro o que ocorre aqui no Brasil. Sabemos que a Torre não é uma entidade de assistência social com fins filantrópicos, que ela não possui nenhum hospital, asilos para velhos ou orfanatos, mas sabemos que ela possui uma grande industria gráfica e que recebe pelas literaturas impressas, caso não recebesse entraria em falência. Mas como a Torre se cadastrou na Secretaria da Receita Federal do Brasil?
A torre de vigia não está cadastrada na Receita Federal como uma organização religiosa, mas sim como:


88.00-6-00 - Serviços de assistência social sem alojamento
Entrem no site da Receita Federal e confirmem:
http://www.receita.fazenda.gov.br/PessoaJuridica/CNPJ/cnpjreva/Cnpjreva_Solicitacao.asp
O CNPJ da torre é 33755687000124
Porque a Torre de Vigia mentiu para a Receita Federal?


Agora tirem uma certidão usando o CNPJ da Torre no site da Receita
http://www.receita.fazenda.gov.br/Aplicacoes/ATSPO/Certidao/CNDConjuntaSegVia/NICertidaoSegVia.asp?Tipo=1


Vejam que no resultado consta o seguinte:
1-Constam débitos relativos a tributos administrados pela Secretaria da Receita Federal do Brasil (RFB) com a exigibilidade suspensa, nos termos do artigo l5l da Lei 5.172, de 25 de outubro de 1966 - Código Tributário Nacional (CTN).


SE A TORRE ESTIVER COM ALGUMA PENDENCIA, A RFB NÃO EMITIRÁ A CERTIDÃO.

A Torre possui débitos na RFB que estão sendo discutidos na justiça. A Torre se faz passar por entidade de assistência social com fins filantrópicos, com o objetivo de conseguir isenções fiscais. O governo está investigando a veracidade disto (e sabemos que a torre está mentindo). Caso se confirme que a Torre não possui fins filantrópicos, ela terá que quitar seus débitos na RFB. A mesma coisa está ocorrendo em outros países, mas na França o problema da Torre é mais grave, lá o governo está exigindo um pagamento de impostos que já chegou a milhões. Isto está ocorrendo porque a Torre não é uma entidade de assistência social, mas uma religião com o maior parque gráfico do mundo e tem faturado muito com a venda de literaturas pelo mundo afora. Diferente da Torre, as outras religiões quando querem publicar alguma coisa, pagam o devido imposto. Entendeu porque a Torre está com problemas fiscais em diversos países?

Para se inteirar melhor do problema na França acesse:

Como você pode ver, o assunto em pauta não tem nada a ver com a mídia, tem a ver com a verdade. Diante destas novas informações, seria interessante que você comentasse.