4 de jun de 2010

Potência Anglo-Americana! Mais um delírio da Torre?

Por décadas a Torre de Vigia tem escrito sobre uma “Potência Mundial Anglo-Americana”, que passou a dominar o mundo algum tempo após 1.914 (Ex. “Revelação Seu Grandioso Clímax Está Próximo!”, pg. 190 § 15/16). Existe mesmo tal potência dupla, formada pelos EUA e Inglaterra, ou é apenas mais uma invenção da Torre?

Sabemos que existe uma superpotência chamada “Estados Unidos da América”, com sua devida constituição, leis, governo, território e reconhecimento mundial. A sede do governo dos EUA é a casa branca que fica em Washington.





A Inglaterra também tem muita relevância a nível mundial, e possui obviamente, todos os requisitos necessários para ser reconhecida mundialmente como uma nação. Abaixo o parlamento britânico.




Se a “Potência mundial Anglo-Americana” existe de fato, não apenas teoricamente, onde fica sua sede? Onde estão os documentos que instituíram esta organização política e militar? O mundo sabe de sua existencia? A midia fala sobre esta potência dupla?


As nações tem se juntado para formar organizações com fins políticos militares ou comerciais, mas os EUA e a Inglaterra não fizeram nenhum acordo para formar a “Potência mundial Anglo-Americana”.

Note agora a diferença: A ONU é uma organização política que foi criada por diversas nações, foi legalmente constituída e tem reconhecimento mundial. A sede da ONU fica Nova York EUA.





Outra organização que existe de fato, não apenas teoricamente e que conta com 16 nações membros é A OTAN. A sede da OTAN fica em Bruxelas na Bélgica.



Acredito que os “grandes pensadores da Torre”, não sabem que é necessário, que toda e qualquer organização seja legalmente constituída, somente as criminosas não o são. E se uma organização é legalmente constituída, ela tem uma sede. Onde fica a sede da Potência Mundial Anglo-Americana? Onde estão os documentos legais que comprovam a existência desta potência mundial dupla? Os EUA e a Inglaterra sabem ou reconhecem que juntos formam uma potência mundial?


Considere também!
Porque a Inglaterra não se envolveu na guerra dos EUA x Vietnã?
Porque os EUA não se envolveu na guerra do Reino Unido x Argentina no ano de 1982?
Porque são nações distintas, cada qual com seus problemas. Não são uma potência dupla.


A Inglaterra é tão aliada dos EUA como é a França, Canadá e muitas outras nações. Além disso, com a criação da União Européia, a Inglaterra tem se alinhado mais com as nações que compõem este bloco do que com os EUA.


Esta Torre inventa cada uma! Porque a Torre criou em suas literaturas esta potência mundial dupla Anglo-Americana?
Pretendo voltar ao assunto.

3 comentários:

erreve disse...

Prezado,

Me permita um comentário de quem não tem formação em história e que, portanto, pode estar redondamente enganado.

Até onde é do meu conhecimento nenhuma das assim chamadas potências MUNDIAIS foram mundiais no sentido lato da palavra. E, naturalmente, isso não se aplica apenas ao Egito, Babilônia,Grécia e Roma, potências MUNDIAIS (?) apenas dentro de sua área de atuação, já que as fronteiras do MUNDO iam muito além das fronteiras egípcias, babilônias e, mesmo, do Império Romano. Mas, em minha opinião, em relação, à dupla potência Anglo-Americana, algo inteiramente diferente desses impérios do passado aconteceu.

Começando a se impor ao mundo a partir de Henrique VIII, no século XVI, a Inglaterra foi a única potência que [b]de fato[/b] chegou a, e mereceu o título de Potência Mundial.

Até o início da II Grande Guerra, dominou o cenário político mundial. Isto é história.

A imprudência de Chamberlain, aliada à heróica resistência inglesa ao Nacional Socialismo levou ao esfacelamento do Império Britânico.

A Inglaterra, junto com os demais aliados contra Hitler, sobreviveu e venceu a guerra graças, sem dúvida, ao dinheiro americano. Desse período em diante, a Inglaterra (e em contrapartida toda Europa ocidental) ficou refém (por força de dívidas gigantescas) de seu "filho" americano.

Hoje, quem domina o mundo pela força é os EUA, e acho dificil negar isso. Em todas as ações em que os EUA se metem, a Inglaterra está ao lado dele apoiando.

É verdade que na guerra do Vietnã a Inglaterra não se envolveu, mas nunca criticou oficialmente os EUA.

Também os EUA não se envolveram na guerra das Malvinas, mas seu apoio á Inglaterra foi total.

Paulo Arroio disse...

Olá Erreve!

Fico honrado com seu comentário, e concordo contigo.
Pesquisei e não encontrei referência a esta potência dupla, ela só existe nas literaturas da Torre, achei estranho. A Inglaterra foi uma superpotência, agora é a vez dos EUA. A Inglaterra é a principal aliada dos EUA, mas será que o mundo os considera como uma dupla? Para provar o cumprimento de profecias em nossa época, a Torre pinta seu quatro particular do mundo.

Em breve falarei mais sobre este assunto, seria muito bom obter sua opinião.

Obrigado.

Anônimo disse...

a profecia da estátua de nabucodonosor onde uma parte dela era dupla(divido) mas eu não vi falar dessa potencia ou que os EUA e os britânicos se uniram

agora o de devemos ficar de olho é na noticia da união dos EUA com o vaticano isso é estranho