28 de mai de 2011

SANGUE PROIBIDO? VEJAM O QUE A TORRE TEM OCULTADO!


O Corpo Governante das testemunhas de Jeová sempre deixou claro que realiza uma cuidadosa pesquisa bíblica, que analisa exaustivamente o texto e o contexto das escrituras sagradas, e com a orientação do espírito santo, fornece o alimento espiritual no tempo apropriado.  As testemunhas de Jeová estão certas que o Corpo Governante é orientado por Deus, assim a doutrina deles que proíbe a transfusão de sangue é encarada como uma proibição divina. Será?

Sabemos que a lei mosaica foi abolida por Cristo, e o único texto das escrituras gregas cristãs que trata da questão do sangue encontra-se no capítulo 15 de Atos. Será que foi analisado com cuidado o texto e o contexto de Atos, que tratam da questão do sangue? Vejamos!

Eis o texto:  “Pois, pareceu bem ao espírito santo e a nós mesmos não vos acrescentar nenhum fardo adicional, exceto as seguintes coisas necessárias: de persistirdes em abster-vos de coisas sacrificadas a ídolos, e de sangue, e de coisas estranguladas, e de fornicação. Se vos guardardes  cuidadosamente destas coisas prosperareis. Boa Saúde para vós!”

Este texto prova que Jeová decidiu proibir o sangue para os cristãos? O contexto pode revelar algo sobre o assunto, leiamos o contexto.

Atos 15: 1e2 relata que os cristãos judeus estavam exigindo que os cristãos gentios seguissem a lei mosaica, e que inclusive fossem circuncidados. Os gentios não estavam dispostos a seguir a lei mosaica, por isto estava havendo muita dissensão e disputa entre eles. Foi necessário que Paulo e Barnabé fossem a Jerusalém para resolver a disputa.

Reunidos em Jerusalém os apóstolos e anciãos foram tratar do assunto, Atos 15:5 diz que alguns queriam que os gentios seguissem a lei mosaica e que fossem circuncidados, em Atos 15:9e10 notamos Pedro tendo outra opinião, dizendo que não era necessário os gentios se circuncidarem.  Os apóstolos e anciãos reunidos em Jerusalém não estavam conseguindo chegar a um acordo se os gentios deveriam ou não seguir a lei mosaica.

Tentando resolver o impasse Tiago começa a falar, agora vejam como ele concluiu seu raciocínio: “Por isso, minha decisão é não afligir a esses das nações, que se voltam para Deus, mas escrever-lhes que se abstenham das coisas poluídas por ídolos, e da fornicação, e do estrangulado, e do sangue.”  - Atos 15: 19e20.

Dá para notar que os apóstolos não estavam proibindo, mas sugerindo que os gentios seguissem algumas normas da lei mosaica a fim de que a paz prevalecesse entre eles e os cristãos judeus que ainda seguiam a lei.

Agora respondam honestamente. Quem decidiu sobre aquelas questões, Jeová ou homens?

Para não restar dúvidas que as resoluções da reunião de Jerusalém foram decisões humanas e não divinas leiam Atos 21: 25: “Quanto aos crentes dentre as nações, já avisamos, dando a nossa decisão, de que se guardem do que é sacrificado a ídolos, bem como do sangue e do estrangulado, e da fornicação.” Algum tempo depois, novamente Tiago afirma que a decisão foi deles, e não de Jeová.

Portanto nem Jeová nem Jesus nunca proibiriam o sangue para os cristãos, os apóstolos sugeriram que os cristãos gentios se abstivessem de sangue a fim de agradar e apaziguar os judeus.

É claro que a decisão dos apóstolos foi acertada e teve a aprovação de Jeová, pois tudo indica que ela ajudou a promover a paz (pareceu bem ao espírito santo e a nós mesmos).

No entanto, concluir que Jeová proibiu o sangue é algo totalmente sem lógica, é não ter bom senso, é faltar com a verdade.

Entender que a decisão dos apóstolos é uma lei divina, e obrigar as Testemunhas de Jeová a seguir esta “lei” humana, a custa da própria vida, ou então encarar a desassociação, equivale a condenar uma pessoa que precisa de transfusão de sangue a morte, equivale a assassinato.

Infelizmente o Corpo Governante não da sinais que irá reconhecer seu erro, por meio de sofismas e de falsos raciocínios, eles tem feito verdadeiro malabarismo para continuar proibindo a transfusão de sangue.

Queridas testemunhas de Jeová, deixem que seu amor e seu bom senso fale mais alto, não permitam que estes falsos instrutores continuem a enganá-los, não sejam participes desta doutrina assassina da proibição de transfusões de sangue.    

14 comentários:

betharr disse...

Veja o filme "Santa Paciência"
de maneira bem humorada ele mostra como 'estas mentes' cooptam outras.

Vandréa disse...

Contexto???????? Isso não existe para os plagiadores da Torre, são ditadores hipócritas e medilcres,incapazes de reconhecer um erro mesmo que este custe a vida daqueles que eles chamam de irmãos. Parabéns pelo artigo, esclarecedor e coerente,até mesmo porque a Biblia prega um Deus de amor, não um sanguinatário, capaz de instituir e manter uma lei que tira a vida que é simbolizada pelo sangue (conforme a torre).É uma questão de logica, pode mesmo um simbolo ser mais importante do que o que ele representa? A vida acima de tudo!!!!

Heber Santos disse...

Parabens pela matéria! Só em um ponto não concordo.Tendo em vista que a Biblia foi escrita por homens inspirados por Deus, realmente éra Deus que estava falando através deles, aos gentios e tambem aos judeus com relação ao sangue! o que não é entendido pelos TJs é que o sangue a que os apostolos se referiam é aquele relatado em Genesis 9:4 "A carne, porém, com sua vida, isto é, com seu sangue, não comereis", e em deutoronomio 12:23 "Somente esforça-te para que não comas o sangue; pois o sangue é vida; pelo que não comerás a vida com a carne" ou ainda em levítico 7:27 "Toda a pessoa que comer algum sangue, aquela pessoa será extirpada do seu povo". Isso ainda deve ser seguido até hoje, por isso os apóstolos se referiram ao sangue, bem como a coisas sacrificadas a ídolos, fornicação e do estrangulado tambem. Os Tjs realmente não analisaram o contexto do que foi escrito para elaborarem sua lei ou sei lá o que. Tambem não posso falar muito porque não conheço muito sobre suas doutrinas. Mas em suma, os TJs estão equivocados em proibir transfusão de sangue, o que não tem nenhuma ligação com o que os apóstolos disseram, e o artigo do qual estou comentando tambem está equivocado em dizer que a decisão foi humana, visto que em II timóteo 3:16 relata que "Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redargüir, para corrigir, para instruir em justiça". abraço a todos

Adinael Galbiade disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Adinael Galbiade disse...

Concordo com Heber Santos, a escritura foi inspiração divina, e em todos os pontos que se fala em sangue na bilbia, se refere a comer sangue, ou de animais ou por "canibalismo"ou uma outra palavra que se possa usar, em momento algum os que com inspiração divina escreveram a biblia se referia a TRANSFUSÃO DE SANGUE, que na verdade nada mais é que salvar vidas, ninguém vai em sã consciencia a um hospital e diz" Ahhh, hoje resolvir vir aqui colocar sangue.....".
somente se utliza da transfusão, aquele que necessita do sangue por motivo extremo, e não pra simplismente ir contra o que Deus disse...E se é pra salvar uma vida está cumprindo com o que Jesus disse " Nada mais bonito que dar a vida pelo irmão....

Anônimo disse...

Interessante que mesmo a lei mosaica, ao proibir o consumo do sangue do animal ou a carne dele não sangrada, CITA PELO MENOS DUAS PASSAGENS em que israelitas/judeus COMERAM O SANGUE e só o que eles precisaram foi cumprir um ritual de purificação e estava limpos de culpa. Nas duas situações se infere que o comer sangue foi por necessidade de alimento (FOME). Mas hoje o CG das Testemunhas exige que se dê a vida humana para que a lei do sangue de boi seja respeitada. Loucura total.
1 Samuel 14:32
Lev 17:15,16 (carne não-sangrada)

Anônimo disse...

Uma dúvida, se estava presente na Lei Mosaica que deveriam se abster de sangue, quem foi que estabeleceu esse conjunto de leis?

Anônimo disse...

pelo que entendi neste post é que não foi jeová (YHWH)que proibiu mas os Homens ou apaostolos de Jesus como sita tiago e os outro em atos mas no mesmo texto diz que era para absterse(evitar),guardar de sangue se diz o versiculo 28 "Pois, pareceu bem ao espírito santo e a nós mesmos não vos acrescentar nenhum fardo adicional," se o espirito sando aprovou então Jeová Aprovou a absterse de sangue.

Jesus não aboliu a lei mozaica e nem os 10 mandamentos mas mostrou que aquelas leis dos fariseus não vinha de DEUS mas de homens pos como Jesus disse "Vós os que Adulteram a lei" e retirou algumas como a obrigatoriedade de guardar o sábado que ocorreu quando ele curou no sábado referindo-se que quando uma ovelha se machuca num sábado vc deixaria ela morrer por guardar o sábado?. Lembre-se que "Toda a escritura é inspirada por Deus e Proveitosa para repreender e endireitar coisas" ou seja tudo que está nela é aprovado por Jeová por ser inspirada por ele,

vc não pode dizer coisas no seu próprio entender mas nas de Deus nosso pai

Anônimo disse...

abster-se de sangue é referindo a lei mosaica de que não podia comer sangue ou ingerir coisas não sangradas(estranguladas) pois o unico uso do sangue era para o sacrificio de animais para a espiação do pecado ou seja perdão onde que foi abolida pelo sangue de Jesus é é o mais precioso e sem preço.
Sobre o sangue este é precioso por Jeová pos o sangue é sagrado e é a vida da pessoa, hoje existe 2 tipos de meios de ingeri-lo, um é por via venosa via transfusão e outro por via oral por medicamentos com partes de plaquetas, glóbilos e plasma e hemoglobina. mesmo sendo por meio de um comprimido ou por veia é considerado como beber ou comer sangue pois mesmo se vc ingerir vai para as veias e artérias.

A Torre de Vigia não proibe a transfusão de sangue mas recomenda o não uso pois a riscos de hepatite, AIDS etc além de Hemocromatose que é o acumulo de ferro no organismo alé de outras

Anônimo disse...

Se não proíbe a transfusão, então porque os TJ que se submetem a esse tratamento são desassociados? Outra coisa, como você mesmo disse, a proibição quanto a comer ou beber sangue foi dada aos JUDEUS na época da lei mosaica. Inclusive essa tradição perpetua até hoje entre eles, e a proibição é vista como uma norma estritamente alimentícia. Outro argumento nada válido seu, onde diz que aplicar sangue na veia é o mesmo que comer ou beber, ou seja, alimentar-se dele. Se ingerirmos sangue que canal digestivo o corpo irá reconhecer isso como alimento. Agora experimente passar dias aplicando sangue na veia sem consumir nada além disso? Não há risco em se contrair doenças com transfusão de sangue, pois, caso vc não saiba, são realizados exames detalhados antes de a pessoa fazer a doação. Então meu caro, formule argumentos melhores antes de me convencer de sua ideia deturpada com respeito ao sangue!

JEOVÁ é o Pai disse...

JEOVÁ É O PAI
Proclamarei o decreto de JEOVÁ: Ele me disse: Tu és meu Filho, eu, hoje, te gerei; Salmo 2:7; Para que saibam que tu, a quem só pertence o nome de JEOVÁ, és o Altíssimo sobre toda a terra; Salmos 83:18; Eu apareci a Abraão, a Isaque, e a Jacó, como o Deus Todo-Poderoso; mas pelo meu nome, JEOVÁ, não lhes fui perfeitamente conhecido; Êxodo 6:3. Eu sou JEOVÁ; este é o meu nome; a minha glória, pois, a outrem não darei, nem o meu louvor às imagens de escultura; Isaías 42:8; Mas tu és nosso Pai, ainda que Abraão não nos conhece, e Israel não nos reconhece; tu, JEOVÁ, és nosso Pai; nosso Redentor desde a antiguidade é o teu nome; Isaías 63:16; Não sabes, não ouviste que o eterno Deus, JEOVÁ, o Criador dos confins da terra, nem se cansa nem se fatiga? Não há esquadriamento para o seu entendimento; Isaías

SABER O NOME REVELA INTIMIDADE... Moisés tornou o nome do Altíssimo por JEOVÁ;JESUS por ser Filho Unigênito(João 3:16), tornou esse nome conhecido por Pai... Agora eu falo: JEOVÁ é o Pai

Valdemar Baltieri disse...

Arrespeito do mangue, a Bíblia fala de sangue de animais ,e não de sangue humano acontece que hoje com a evolução da mededocina , é muito mais seguro método usado com derivado do sangue da própria pessoa é muito mais seguro,. O que eu acho é que existe coisas muito mais importante, do que o detalhe do sangue ...Por exemplo o início do reiro de Jesus em 1.914,concordam? Eu na minha opinião JEOVA não revelaria algo tão importante Invisível a alguém tão insignificante vamos ver como eles dizem o que a Bíblia realmente ensina sobre o reino.Quando João Batista dizia o reino de Deus está próximo, quan tas vezes o próprio Jesus disse isso vamos estudar jente, salmo 2.e atos dos apóstolos , Jesus não indicou de formou uma religião. OK vamos pesquisar nas escrituras e não seguir obrigado interpletações particulares.

Valdemar Baltieri disse...

Arrespeito do mangue, a Bíblia fala de sangue de animais ,e não de sangue humano acontece que hoje com a evolução da mededocina , é muito mais seguro método usado com derivado do sangue da própria pessoa é muito mais seguro,. O que eu acho é que existe coisas muito mais importante, do que o detalhe do sangue ...Por exemplo o início do reiro de Jesus em 1.914,concordam? Eu na minha opinião JEOVA não revelaria algo tão importante Invisível a alguém tão insignificante vamos ver como eles dizem o que a Bíblia realmente ensina sobre o reino.Quando João Batista dizia o reino de Deus está próximo, quan tas vezes o próprio Jesus disse isso vamos estudar jente, salmo 2.e atos dos apóstolos , Jesus não indicou de formou uma religião. OK vamos pesquisar nas escrituras e não seguir obrigado interpletações particulares.

Valdemar Baltieri disse...

Até a vinda de Jesus Jeová Deus, usava Profetas anjos divulgava seus propósitos, por inspiração visão, mas por dos que havia escolhido para para ser seus representantes na terra.Com a vinda de de Jesus , toda a informação necessária ficou por conta de Jesus Cristo e está registrado ,vamos meditar, em Deuteronômio 18:15-21;eJoão 12:46-50vamos fazer um quadro mental, e ler também João 14:1,6,26;Com João 20:16,17;Mateus 28:18-20;pensar é acompanhar ,meditar é colher dados, mentalidade é aproveitar oque é útil.